FACBEL e UNIESAMAZ discutem parceria para lançamento do projeto Museu do Homem Paraense

FACBEL e UNIESAMAZ discutem parceria para lançamento do projeto Museu do Homem Paraense

Nesta terça-feira, 02 de julho, a coordenação pedagógica da UNIESAMAZ se reuniu com o coordenador de pós-graduação da Faculdade Católica de Belém (FACBEL), Dr. Moises Rocha Farias, para discutir a elaboração de um termo de cooperação entre as duas instituições. O encontro teve como objetivo principal alinhar a parceria para o lançamento do projeto “Museu do Homem Paraense”.

O projeto “Museu do Homem Paraense” pretende ser uma iniciativa cultural e educativa, que visa resgatar, preservar e divulgar a história, cultura e identidade do povo paraense. Através desta cooperação, UNIESAMAZ e FACBEL esperam promover a valorização do patrimônio cultural da região, além de contribuir para o desenvolvimento acadêmico e científico das duas instituições.

Durante a reunião, além do projeto do museu, também foi discutida a possibilidade de uma parceria para o lançamento de uma pós-graduação na área de Direito Canônico. Essa nova oferta educacional visa atender a uma demanda crescente por formação especializada na área, proporcionando aos profissionais do direito uma qualificação adicional de grande relevância.

 

Com informações de: ESAMAZ

Curso de Extensão: “O Ministério do Catequista e a Trindade”

Curso de Extensão: “O Ministério do Catequista e a Trindade”

A Faculdade Católica de Belém, por meio da Coord. de Pós-graduação e Extensão Acadêmica, lança mais um curso de Extensão com o tema: “O Ministério do Catequista e a Trindade”. Teremos por conferencista o Prof. Dr. Pe. Valter Lopes, docente de nossa instituição.

No curso de extensão veremos elementos como a onipotência divina, a existência do mal, o Jesus apresentado pelos evangelistas, a relação entre humano e divino presentes em Jesus Cristo, sua morte e ressurreição, além de aspectos mais significativos da teologia sobre o Espírito Santo, são explicados, aprofundados e ensinados de uma maneira clara e simples, numa perspectiva bíblica, dogmática, pastoral, ecumênica.

INFORMAÇÕES:

DATA: 27 e 28 de Julho de 2024 (Sábado e Domingo)

HORÁRIO: Sáb (08h-17h)   |  Dom (08h-12h)

LOCAL: Faculdade Católica de Belém (Rodovia BR 316 Km 6, Bairro Águas Lindas, Ananindeua/PA)

Certificação de Carga Horária: 12h

INVESTIMENTO: R$ 270,00 (efetuando sua inscrição e pagamento até o dia 10) 

R$ 300,00 (Valor padrão, após o dia 10)

 

CLIQUE AQUI E FAÇA SUA INSCRIÇÃO

III Colóquio de Filosofia da Arte – Arte e Religiosidade

III Colóquio de Filosofia da Arte – Arte e Religiosidade

A Faculdade Católica de Belém apresenta o III Colóquio de Filosofia da Arte, com o tema: “Arte e Religiosidade”. Um evento de grande relevância acadêmica e cultural, que tem como objetivo fomentar discussões aprofundadas sobre a intersecção entre a expressão artística e a religiosidade. O colóquio destaca-se pela importância de abordar como a arte tem sido historicamente influenciada pela religiosidade, lançando nuances de reflexão sobre estes dois horizontes: a arte e a religião.

A programação do colóquio inclui palestras, contando com a participação de renomados especialistas que compartilharão suas experiências e conhecimentos acerca desta temática.

  • 1ª Conferência: “Tarkovsky, Cinema e Religião”, ministrada pelo Prof. Dr. Evandro Ricardo, da Universidade Federal do Pará.
  • 2ª Conferência: “Análise da obra ‘Stabat Mater’: Alegria no sofrimento”, ministrada pelo Prof. Esp. Pe. Glaudemir Simplício, da Faculdade Católica de Belém.

O III Colóquio de Filosofia da Arte será realizado no dia 19 de junho de 2024, no Salão dos Pontificais, localizado na Catedral Metropolitana de Belém (Endereço abaixo). As atividades ocorrerão das 8h às 12h e a inscrição é gratuita e aberta ao público. Para mais informações e para garantir a sua vaga, clique no link abaixo e efetue a sua inscrição.

CLIQUE E ACESSE O ENDEREÇO DA CATEDRAL DE BELÉM

clique aqui e faça sua inscrição

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACBEL

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACBEL

O Programa de Iniciação Científica (PIC) visa promover o contato inicial dos alunos de graduação da FACBEL com atividades de criação, discussão e organização do saber científico, voltadas ao desenvolvimento do pensamento científico e à pesquisa científica. O PIC tem por objetivo manter o dinamismo das ações sistemáticas para o estímulo ao desenvolvimento da atitude de investigação e desenvolvimento de novos conhecimentos. Assim, a FACBEL financia os melhores projetos de pesquisa que são avaliados por pesquisadores externos juntamente com o currículo do docente pesquisador que propõe a pesquisa.

 

clique aqui e baixe o edital

Dom Raimundo Possidônio é nomeado Bispo Titular da Diocese de Bragança/PA

Dom Raimundo Possidônio é nomeado Bispo Titular da Diocese de Bragança/PA

Fonte: CNBB Norte 2

O Regional Norte 2, recebeu nesta manhã (15), o anúncio de que o Papa Francisco havia aceitado o pedido de renúncia ao governo pastoral da Diocese de Bragança de Dom Jesús María Cízaurre Berdonces, sendo assim nomeado o novo bispo diocesano Dom Raimundo Possidônio Carrera da Mata, Bispo Coadjuntor de Bragança.

Dom Raimundo Possidônio Carrera da Mata é natural de Icoaraci, Belém (PA) e nasceu no dia 31 de março de 1950. Em 1968 entrou para o Seminário São Pio X – Seminário Menor da Arquidiocese de Belém. Foi ordenado Diácono no dia 07 de junho de 1976 e nesse período exerceu as funções de auxiliar da formação do Seminário São Pio X. Sua ordenação sacerdotal ocorreu em 24 de junho de 1978, e em 23 de abril de 2022 sob o lema ‘Evangelizar é minha missão’ foi ordenado bispo coadjuntor de Bragança. ( conheça mais sobre a historia de Dom Possidônio, clicando aqui )

O espanhol Dom Frei Jesus Maria Cizaurre Berdonces, OAR, 72 anos, teve seu pedido de renúncia aceito por Papa Francisco, tornando-se bispo Emérito da Diocese de Bragança. Nascido em 6 de janeiro de 1952, fez sua profissão religiosa em 10 de setembro de 1972, em Monachil (Granada – Espanha), na Ordem dos Agostinianos Recoletos, sendo ordenado sacerdote no dia 26 de junho de 1976.

Destinado por sua congregação religiosa para vir ao Brasil, quando aportou no dia 12 de janeiro de 1977, iniciou sua experiência sacerdotal como missionário na Prelazia do Marajó (Pará), por 13 anos. Do Marajó Dom Jesus diria no dia de sua posse em Bragança que “o Marajó o ensinou a ser padre”. Depois foi destinado a ser formador dos seminaristas Agostinianos Recoletos em São Paulo, no período de 1990 a 1994.

Após nova destinação voltou ao Pará, dessa vez para ocupar os cargos de Superior e Pároco na Comunidade de São José de Queluz, em Belém de 1994 a 1997. Após esses 3 anos foi destinado ao Rio de Janeiro, para se tornar Superior Maior da Província Santo Tomás de Vilanova dos Padres Agostinianos Recoletos no Brasil.

Foi designado 3º Bispo da Prelazia de Cametá, pelo Papa João Paulo II, em 23 de fevereiro de 2000. Sua ordenação episcopal foi realizada na Praça da Catedral, em Cametá, no dia 7 de maio de 2000. O ordenante principal foi Dom José Luiz Azcona Hermoso. A posse de Dom Jesus na Prelazia de Cametá aconteceu também no mesmo dia 7 de maio. Escolheu como lema para seu episcopado: ‘Pax et Fides’ (Paz e Fé).

Dom Jesus governou a Prelazia de Cametá até sua ereção como Diocese, em 6 de fevereiro de 2013, passando a ser o seu primeiro bispo diocesano. Como titular da nova diocese, permaneceu até 17 de agosto de 2016, quando o Papa Francisco o transferiu para a Diocese de Bragança do Pará, substituindo Dom Luís Ferrando, hoje bispo Emérito de Bragança do Pará, que ao completar 75 anos de idade, no dia 22 de janeiro de 2016, apresentou sua renúncia ao cargo de bispo titular da diocese por motivo de idade.

Hoje Dom Jesus junto com Dom Luís, compõem a Diocese de Bragança como bispos eméritos. (conheça mais sobre a história de Dom Frei Jesus Maria Cizaurre Berdonces, clicando aqui )

A Presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) enviou agradecimento ao agora bispo emérito e saudação ao novo titular.

SAUDAÇÃO A DOM RAIMUNDO POSSIDÔNIO
Estimado irmão,

Ao recebermos a notícia de sua nomeação, agora como Bispo Diocesano de Bragança do Pará, renovamos nossos votos de um profícuo ministério à frente desta Igreja Particular.

Representante de um episcopado que emerge do próprio território amazônico, o irmão tem em sua trajetória os sinais daquilo que a Igreja pode oferecer a si mesma na realização dos sonhos do Papa Francisco para a região, os quais foram partilhados na exortação Querida Amazônia.

Que o Espírito Santo seja força na condução do povo de Deus que lhe foi confiado, especialmente no momento forte que se aproxima: o Jubileu da Esperança. Um tempo, como nos diz o Papa Francisco, para “nutrir e robustecer a esperança, insubstituível companheira que permite vislumbrar a meta: o encontro com o Senhor Jesus” (cf. Spes non confundit, 5).

Agradecidos por sua dedicação e serviço à Igreja na Amazônia, renovamos nosso pedido de intercessão a Nossa Senhora do Rosário, padroeira da Diocese de Bragança do Pará, para que seja sua companheira na missão.

Em Cristo,

Dom Jaime Spengler
Arcebispo de Porto Alegre (RS)
Presidente da CNBB

Dom João Justino de Medeiros Silva
Arcebispo de Goiânia (GO)
Primeiro Vice-presidente da CNBB

Dom Paulo Jackson Nóbrega de Sousa
Arcebispo de Olinda e Recife (PE)
Segundo Vice-presidente da CNBB

Dom Ricardo Hoepers
Bispo Auxiliar de Brasília (DF)
Secretário-geral da CNBB

Agradecimento a Dom Jesús Maria Cizzaurre Berdonces

Estimado irmão,

Hoje, unimo-nos à Igreja em Bragança do Pará em gratidão a Deus por seu ministério episcopal, e pelo pastoreio dessa Igreja Particular durante os últimos sete anos.

O nosso agradecimento também é dirigido ao irmão, que correspondeu ao chamado do Senhor da Messe, e fez frutificar a vocação na missão ad gentes, desde o presbiterato. No Brasil desde a década de 1970, pôde corresponder, com frutos à Igreja na Amazônia, ao que a sua congregação religiosa define em seus objetivos: o serviço à Igreja e o esforço cada vez maior para crescer na caridade de acordo com o carisma de Santo Agostinho.

Registramos ainda neste agradecimento o período que pastoreou a Prelazia de Cametá, no momento especial em que a circunscrição eclesiástica se tornou uma diocese. E ainda o exercício das funções de secretário, vice-presidente e presidente do Regional Norte 2 de nossa Conferência Episcopal. Em todos esses serviços, fez como os missionários citados pelo Papa Francisco na Querida Amazônia, que chegaram à Região com o Evangelho, “deixando os seus países e aceitando uma vida austera e desafiadora junto dos mais desprotegidos”.

Possa o período da emeritude ser ocasião de novo impulso missionário, tendo presente a atenção demandada pela saúde.

Maria, Mãe da Igreja, seja guia e intercessora nesta nova etapa.

Em Cristo,

Dom Jaime Spengler
Arcebispo de Porto Alegre (RS)
Presidente da CNBB

Dom João Justino de Medeiros Silva
Arcebispo de Goiânia (GO)
Primeiro Vice-presidente da CNBB

Dom Paulo Jackson Nóbrega de Sousa
Arcebispo de Olinda e Recife (PE)
Segundo Vice-presidente da CNBB

Dom Ricardo Hoepers
Bispo Auxiliar de Brasília (DF)
Secretário-geral da CNBB”