HENRIQUE JUVENAL VIANA
FILOSOFIA DA ARTE
5 PERIODO
ESTÉTICA  MEDIEVAL (Sto Agostinho)

FILOSOFIA DA ARTE (ESTUDO DIRIGIDO)

Estudo dirigido é uma ferramenta de ensino e aprendizagem. É uma técnica de ensino que procura desenvolver a habilidade leitora, reflexiva e crítica para o educando. Este deve realizar uma participação ativa e criativa, tendo o professor como orientador. 

  1. Vídeo aula
  2. Roteiro de leituras de textos 

ESTÉTICA MEDIEVAL (Sto. AGOSTINHO)

Introdução

A beleza, para os filósofos medievais, pertence essencialmente a Deus. É a luz superior, o brilho da verdade Divina nas coisas, fazendo-se sensível aos olhos do espírito. A relação entre a  Beleza e as artes não é essencial, mas acidental. Os doutores da igreja não reconheceram na vocação da arte, por eles conceituada de modo muito geral, a vocação do belo. (NUNES p. 11)

TEXTO 1 

ARTE E BELEZA (NA ESTÉTICA MEDIEVAL. UMBERTO ECO)
(PP. 17-33; 63-65) análise textual (por parte do acadêmico)

TEXTO 2 

CONFISSÕES (Sto Agostinho)
LIVRO IV, 10, 13, 15, 
LIVRO X, 33
(análise textual)

TEXTO 3

O LIVRE ARBÍTRIO (sto. Agostinho)
LIVRO II; XVI, 41)
Análise textual

ATIVIDADE (entrega até 02/04/2020)

# conceitos mais importantes nos textos de Agostinho (2 e 3)
# parágrafos de maior relevância (2 e 3)
# análise comparativa entre os textos (interlocução textual) (2 e 3)
# Resenha crítica ( duas laudas)

  • Mergulhando na temática Mística e arte, construir um ensaio sobre a escultura o êxtase de Santa Teresa. (uma lauda)

       

Download texto 1 Download Texto 2